Segunda rodada de negociação com a FENABAN não tem avanços

Nesta segunda-feira (27), a Comissão Executiva Bancária Nacional de Negociação (CEBNN/Contec) se reuniu com a FENABAN para dar prosseguimento aos debates da pauta de reivindicações dos bancários nesta campanha salarial 2022. Entre os assuntos debatidos: a questão da segurança bancária; as MPs 1.108 (que regulamenta o trabalho híbrido e teletrabalho) e 1.116 (que institui o Programa Emprega + Mulheres e Jovens); a manutenção de algumas cláusulas da convenção coletiva.

Também entraram na pauta dos debates o PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador). Não houve grandes avanços por parte dos bancos, que insistiram que têm investido em tecnologias para evitar roubos e furtos, descartando inclusive que as portas-giratórias não são solução mais apropriada como destacada entre as reivindicações da categoria.

Como não houve consenso, todos os temas seguem sendo debatidos na próxima reunião agendada para o dia 6 de julho, a partir das 10h.

O presidente da CONTEC, Lourenço Prado destacou a necessidade de os bancários estarem sempre bem informados da marcha das negociações. “As negociações prosseguem e a categoria precisa estar sempre mobilizada para eventualidades. Porque a mobilização ajuda e apoia as negociações junto aos bancos”, destacou.

 

Fonte: Contec