Salário de bancário é pago com apenas seis horas de trabalho

Levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) confirma que o lucro dos bancos é resultado da exploração dos seus empregados. Em média, um bancário paga seu salário com apenas seis horas de trabalho. No restante do mês, todo trabalho é para produzir o lucro dos banqueiros. Os bancos Itáu, Bradesco e Santander são os líderes na exploração dos trabalhadores do setor financeiro.

Somente em março deste ano, um empregado do Itaú produziu um lucro líquido de R$ 67.773,62. Um bancário que recebe cerca de R$ 3 mil ganha R$ 25,00 por hora, mas lucra para o Itaú R$ 565,00 por hora. Portanto em menos de seis horas o bancário já pagou o seu salário.

E não há limites para os bancos na busca por lucros ainda maiores. As cinco maiores instituições financeiras do país (BB, Caixa, Itaú, Bradesco e Santander), de janeiro a agosto de 2015, fecharam 6.003 postos de trabalho, segundo estudo do próprio Dieese. Com o corte de empregados, os bancários são submetidos a jornada prolongada com a sobrecarga de trabalho e acúmulo de função.

Faça sua conta
Divida o lucro (conforme cada banco segundo a tabela abaixo) por 120 horas e depois o valor de seu salário pelas mesmas 120 horas, que conforme a CLT e o Acordo Coletivo são as horas de trabalho mensal da categoria (não comissionada), veja quanto você produz de lucro por hora e quanto o banco lhe remunera por estas horas e em quanto tempo você reproduz seu salário para o banqueiro aproximadamente. (Fonte: Seeb Espírito Santo)

Veja tabela dos cinco maiores bancos conforme dados, de lucro líquido por bancário em março/15, do Dieese:

Tabela de lucros liquido por bancário março 2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.