NÃO É SÓ PELO REAJUSTE!

A greve não é só contra os 5,5% de reajuste apresentado pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) que não cobre nem a inflação – e o abono de R$ 2,5 mil, mas também é contra o assédio moral vivido diariamente nos locais de trabalho, o constrangimento e a pressão por conta das metas abusivas.

É por mais segurança para clientes e bancários, mais saúde, melhores condições de trabalho. Extensão dos benefícios para afastados, redução da jornada para amamentação por 12 meses, fim da terceirização. É por igualdade de oportunidades, isonomia.

A greve é por mais programas de bolsas de estudo, por aumento nos vales alimentação e refeição, PLR maior, pela manutenção dos empregos e mais contratações.

Motivos não faltam para aderir o movimento. Vamos luta!

Fonte: Movimento Sindical

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.