Mulheres ganham 40,5% menos que homens, revela pesquisa do IBGE

Apesar das diversas conquistas femininas nos últimos anos, a disparidade salarial ainda é um grande problema. Pesquisa divulgada pelo IBGE nesta sexta-feira (4) confirma isso ao informar quDesigualdade salarial mulher e homeme, em 2013, o salário das mulheres em empresas brasileiras era 40,5% menor que o dos homens.

Enquanto o salário médio delas era de R$ 1.507,69, o dos homens era de R$ 2.118,66, revelam os dados divulgados pelo instituto.

Ainda segundo a pesquisa, entre 2009 e 2013, a participação das mulheres nas empresas do País cresceu de 35,5% para 37,7%.

Os dados fazem parte do levantamento “Demografia das Empresas 2013”, o qual também mostra que menos da metade (47,5%) das empresas sobrevivem após quatro anos de atividade.

A taxa de saída (relação entre o número de saída de empresas e o total) recuou 2,8 pontos percentuais em relação a 2012, passando de 17,4% para 14,6%. No ano, 695,7 mil empresas saíram do mercado.

Fonte: Brasil 247 e IBGE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.