Dirigentes Sindicais permanecem reunidos com a Fenaban

São 19:45 horas e as negociações continuam. A Comissão Nacional ainda insiste em melhorar a proposta apresentada e  que a FENABAN abra mão da compensação dos 18 dias de greve.

A indicação é de que a greve deve continuar na segunda (26) quando deverão ser realizadas assembleias que decidirão se a proposta será aceita ou não.

Nesta manhã (23/10), a Fenaban apresentou nova contraproposta à Comissão Executiva Bancária Nacional de Negociação. A oferta contempla 10% de reajuste salarial, 14% de aumento no tíquete alimentação e PLR calculada nos moldes do último Acordo Coletivo assinado.

De acordo com a proposta dos bancos, a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) ficará limitada a 15% do lucro líquido apurado no exercício de 2015. A distribuição será composta de Regra Básica mais Parcela Adicional.

A Regra Básica será correspondente a 90% do salário reajustado (10%), acrescido do valor fixo de R$ 2.021,79, limitado a R$ 10.845,92. Já a Parcela Adicional será calculada 2,2% do lucro líquido, dividido pelo total de empregados até o limite de R$ 4.043,58.

Para ver a íntegra da proposta apresentada nesta sexta-feira (23/10), clique aqui.

Fonte: SEEBPN com informações do Movimento Sindical

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.