CNB 2015: Banco do Brasil e Caixa se negam a negociar

Representantes dos trabalhadores insistem que empresas apresentem suas propostas globais.

As direções do Banco do Brasil e da Caixa Federal ignoraram as reivindicações dos representantes dos trabalhadores e se negaram realizar negociações nesta sexta-feira, 25 de setembro. Os bancos públicos nem sequer se posicionaram em relação a uma data para dar continuidade aos debates específicos, dentro da Campanha Nacional 2015.

Tanto a Comissão Executiva dos Empregados da Caixa Federal quanto a Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil haviam cobrado reuniões para esta sexta 25 – quando ocorreu a negociação da Comissão Nacional dos Bancários e a federação dos Bancos (Fenaban) – e a apresentação das propostas para as renovações dos dois acordos aditivos à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Os representantes dos trabalhadores vão continuar pressionando as direções das empresas para que os processos negociais, independentes um do outro, sejam retomados. Entre as reivindicações entregues para os dois bancos, estão mais contratação de funcionários, fim do assédio moral e das metas abusivas e melhores condições de trabalho.

Fonte: Movimento Sindical

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.