Campanha “Digitau”, do Itaú, será julgada pelo Conar

Consumidores reclamaram por considerar que propaganda possa induzir crianças a erros ortográficos ao escrever “digital”.Digitau

Após receber 15 reclamações, o Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) optou por abrir processo contra a campanha “Digitau”, do banco Itaú, criada pela agência África.

A alegação dos consumidores que reclamaram ao Conar é de que crianças podem cometer erros ortográficos ao escrever a palavra “digital”. Na campanha, uma música diz que o Itaú é “digital com u”, fazendo alusão ao nome do banco.

O órgão baseou-se no Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária, que possui uma seção voltada para crianças e jovens, para acatar as contestações.

O julgamento do caso, no entanto, não será imediato. A previsão é de que aconteça apenas no início de maio. Até lá, a campanha pode continuar sendo veiculada normalmente.

Fonte: iG

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.