Bolsonaro gastou R$ 580 bilhões com juros a bancos

Enquanto o desemprego, a pobreza e a fome avançam no Brasil, o governo Bolsonaro gastou R$ 586 bilhões para pagar os juros da dívida pública nacional. O valor é cinco vezes maior do que o gasto anual com o Auxílio Brasil.

Durante o atual governo, a dívida líquida pública disparou. O percentual saltou de 53% do PIB (Produto Interno Bruto) para 60%, entre janeiro de 2019 – quando Jair Bolsonaro assumiu a presidência – e o início de 2021.

Segundo o Tesouro Nacional, 76% de todos os títulos da dívida brasileira pertencem as instituições financeiras, fundos de investimentos e de previdência. Ou seja, encheu ainda mais o cofre dos bancos.

Para este ano, a estimativa é de que o gasto federal com juros chegue a R$ 700 bilhões, o que seria mais de sete vezes os R$ 97 bilhões que serão destinados ao Auxílio Brasil, que atende 20 milhões de brasileiros em vulnerabilidade.

Fonte: Movimento Sindical