BMG é tricampeão de reclamações de clientes

Pelo terceiro mês consecutivo, banco aparece no topo das queixas ao BC; Itaú ficou com a vice-liderança

Pelo terceiro mês consecutivo, o BMG figurou na liderança do ranking de reclamações de clientes ao Banco Central. Em março, a instituição teve 148 queixas consideradas procedentes e um índice 61,93. As principais motivações foram irregularidades relacionadas ao Custo Efetivo Total (CET) de operação de crédito e ausência de contratação ou contratação inadequada de cartão de crédito consignado.

O Itaú manteve-se no segundo lugar do temido ranking, com 673 queixas procedentes e índice 11,16; seguido pela Caixa, com 755 reclamações e 9,56 de índice. Já o Bradesco ficou na quarta posição (728 queixas e índice 9,38) e o Santander em quinto (234 queixas e índice 6,96).

Ranking do BC – Para elaborar o ranking, as reclamações que chegam a Banco Central são divididas pelo número de clientes da instituição financeira que originou a demanda e multiplicadas por 1 milhão. Assim, é gerado o índice, que representa o número de reclamações de cada instituição financeira para cada grupo de 1 milhão de clientes.

Fonte: SP Bancários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.