Bancos eliminam 8.247 postos de trabalho

Os bancos continuam a reduzir o número de postos de trabalho. A situação, que já estava complicada no começo do ano, sós e agravou. De janeiro a novembro, 8.247 vagas foram cortadas. Somente no mês passado o saldo negativo foi de 1.928.

Mesmo sendo o mais lucrativo da economia, com lucro de R$ 54 bilhões nos primeiros nove meses do ano, o sistema financeiro não mostra preocupação em reduzir o quadro de funcionários e sobrecarregar os bancários que continuam nas agências.

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) em novembro 70% das dispensas foram sem justa causa. Em julho esse percentual fechou em 22%, em agosto pulou para 47% e em outubro alcançou 50%.

Os percentuais são muito altos e mostram claramente o descaso dos bancos com o conjunto da sociedade. Para comprovar, basta dar uma olhada na situação nas agências. Funcionários sobrecarregados e clientes insatisfeitos.

Número de clientes cresce                                                  

Mesmo com o descaso dos bancos, que investem cada vez menos nas agências, o número de clientes tem crescido consideravelmente. Em outubro, BB, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander estavam com 303 milhões de clientes. No mesmo período do ano passado esse número era de 292 milhões.

 

Fonte: Movimento Sindical

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.