Bancos apresentam proposta de 6,5% e um abono de R$ 3 mil

Proposta não atende reivindicações da categoria. Negociações com a Fenaban ainda estão em andamento.

Negociação, sifrãoA federação dos bancos (Fenaban) apresentou a Comissão Nacional dos Bancários, na manhã desta segunda-feira (29), proposta de reajuste salarial de 6,5% mais abono de R$ 3 mil. As regras para o pagamento da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) continuariam as mesmas do acordo anterior.

Os bancários, com data-base em 1º de setembro, pleiteiam 16,45% de reajuste, que inclui reposição de inflação e aumento real.

Na rodada de negociação realizada na semana passada, os representantes do Banco do Brasil, Caixa Federal, Itaú, Bradesco e Santander, que compõem a representação da Fenaban, vinham afirmando que o setor não é o mais lucrativo do Brasil e mesmo assim paga excelentes salários, que não têm alto grau de risco para a saúde e não adoecem seus funcionários.

Os bancos choram de barriga cheia.  Os números não mentem.

As negociações continuam em andamento.

Fonte: Movimento Sindical

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.