Bancários aumentam número de paralisação

Bancários do país querem ser valorizados pelos seus patrões e aderem à greve.

Na véspera da reunião com a Fenaban, 8457 locais de trabalho tiveram as atividades paralisadas.

Nesta quinta-feira (8), 8454 agências e 38 centros administrativos tiveram as atividades paralisadas,  em todo o Brasil. Este número representa 35,91% das agências bancárias do país e um crescimento de 13% da mobilização, na comparação com a terça-feira.

Na base territorial do Sindicato dos Bancários de Ponte Nova e Região, hoje 08, várias agências foram fechadas:

Ponte Nova: BB, CEF, Bradesco, Mercantil, Itau e Santander

Viçosa: BB, CEF, Bradesco e Itau

Abre Campo: BB e Bradesco

Jequeri, Matipó, Santa Margarida e Teixeiras: BB

Visconde do Rio Branco: BB, CEF

Rio Casca: BB, CEF e Bradesco

CEF / Ponte Nova - Greve 2016
CEF / Ponte Nova – Greve 2016
Itaú / Ponte Nova - Greve 2016
Itaú / Ponte Nova – Greve 2016
Itaú / Viçosa - Greve 2016
Itaú / Viçosa – Greve 2016
BB / Viçosa - Greve 2016
BB / Viçosa – Greve 2016
Bradesco / Viçosa - Greve 2016
Bradesco / Viçosa – Greve 2016
Mercantil / Viçosa - Greve 2016
Mercantil / Viçosa – Greve 2016
CEF / Rio Casca - Greve 2016
CEF / Rio Casca – Greve 2016
BB / Rio Casca - Greve 2016
BB / Rio Casca – Greve 2016
Bradesco / Rio Casca - Greve 2016
Bradesco / Rio Casca – Greve 2016

 

 

Fonte: SBPNR

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.