Assembleia delibera greve para o dia 6

Na noite desta quinta (01), os bancários que compõem a base do Sindicato dos Bancários de Ponte Nova e Região, estiveram reunidos em assembleia. Após avaliação da contraproposta oferecida pelos bancos, a categoria recusou, por unanimidade e a maioria dos presentes, deliberou pela deflagração da greve por tempo indeterminado, a partir do dia 06 de outubro.

A Campanha Nacional dos Bancários teve início no dia 11 de agosto com a entrega da minuta à Fenaban. Após quatro rodadas de negociação, os representantes dos bancos se negaram a assumir compromisso com a manutenção dos empregos e não propuseram melhoria das condições de trabalho, da segurança e da igualdade de oportunidades. No último dia 25, os bancos apresentaram a pior proposta de ajuste da remuneração dos últimos anos: 5,5% em todas as verbas, sendo que a categoria reivindica INPC + 5% de aumento real (aproximadamente 16%).

O valor oferecido pela Fenaban nem mesmo repõe a inflação, que chegou a 9,88% até o início de setembro.
Para a categoria a proposta apresentada está distante de atender o que está sendo reivindicado.

É preciso que os bancários estejam unidos. Temos que realizar uma greve em que a participação de cada um será fundamental para que os bancos negociem com os parâmetros baseados no crescimento e nos lucros cada vez maiores.

A greve é o ultimo recurso usado pelos trabalhadores para quebrar o impasse criado pela insensibilidade dos banqueiros.

Agora, todo bancário, independente do banco ou função que exerça, tem a obrigação de participar ativamente da greve definida em assembleia, e exercer seu papel de agente transformador da realidade da categoria.

Vamos todos à luta! Vamos à greve!

Fonte: SEEBPN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.