15/05/20 Alerta

Suposta declaração aponta para privatização do BB

Na coluna do jornal o Globo, a jornalista Bela Megale afirmou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo federal precisa “vender logo a porra do BB”, se referindo ao Banco do Brasil, durante reunião ministerial citada pelo ex-ministro Sergio Moro.

Ainda de acordo com Bela Megale, Guedes está insatisfeito com a liberação de crédito no país e tem criticado o BB por não “puxar a fila” no avanço das concessões. Em meio a pandemia de Covid-19, o texto demonstra que o Ministério da Economia planeja um grande projeto de privatizações como solução para a crise econômica. Nenhuma novidade, porque o ministro sempre deixou claro a intenção de privatizar tudo. Mas, vender empresas rentáveis não é a solução para o país.

Se a suposta declaração for verdadeira, é mais um ataque deste governo à soberania nacional e às estruturas do Estado que atuam na economia.

Os Sindicatos consideram esta proposta absurda. O BB é fundamental para o país. É importante que ele mantenha a maior parte do controle acionário nas mãos do governo para garantir que banco continue atuando onde os privados não têm interesse, como no financiamento na agricultura familiar e em obras de infraestrutura.

Apesar da crise causada pela pandemia, o lucro do Banco do Brasil foi R$ 3,4 bilhões no primeiro trimestre deste ano. O BB é um dos principais instrumentos de financiamento do desenvolvimento nacional, atendendo a municípios, estados e a vários segmentos da economia. Privatizar o Banco do Brasil é uma tolice. Trata-se de uma empresa eficiente, que tem no seu corpo de funcionários o seu maior patrimônio. Um grupo de homens e mulheres corajosos, tecnicamente preparados, e que vêm dando conta de fazer do Banco do Brasil o maior banco público da América Latina.

Fonte: Movimento Sindical

Email this to someone

Tags:, , ,