07/05/18 Impostos

Se taxarem os ricos, eles vão embora do Brasil e vai gerar mais desemprego?

“Se taxarem os ricos, eles vão embora e vai gerar mais desemprego”

Sério?

Vamos lá

Taxação de grandes fortunas se refere a taxar as 10.000 famílias mais ricas do país.

Sabe quem gera a maior taxa de empregos formais na nossa economia?

As pequenas e médias empresas (70%) cujos proprietários não pertencem a essas 10.000 famílias.

Mas, levando em consideração que essas famílias saiam do Brasil, elas vão entrar em um grande dilema.

O Brasil percentualmente é o país que menos taxa os ricos dentre as 20 maiores economias mundiais (dados do próprio G20)

Então vamos supor que ele vá viver fora e investir o seu dinheiro no mercado financeiro. Sabe quais os únicos países do planeta que não cobram impostos sobre lucros e dividendos? Brasil e Estonia (dados da OCDE).

Se quiserem ir para o EUA vão pagar uma taxa de 20%, se forem para o Canadá 30%.

Mas então vamos levantar a hipótese de que o rico vá investir no sistema produtivo procurando competir mercado com as empresas ja existentes no país que ele for escolher.

Se ele escolher ir para a Europa vai se deparar com uma legislação trabalhista protetiva que ele tanto demoniza (O Estado de Bem Estar Social domina o continente), se for pra Ásia vai ter que investir muito para competir com um alto grau de sofisticação tecnológica que lá possui(sem um BNDES bancando esse investimento)e a América do Norte além do Alto grau de sofisticação ainda são avessos a empreendedores “não nacionais”.

Bem, ele pode ir para um país onde a taxação seja baixa e não exija um alto grau de sofisticação no setor produtivo.

Pode ir para a Somália.

O problema é que a economia de países como a Somália tendem a viver de agricultura e mineração. A mineração é toda explorada pelas multinacionais de grande potência.

Se for investir em mercado de Bem de consumo vai bater em outro problema, a população é demasiadamente tão pobre que não vai existir mercado consumidor interno.

É, acho que vai ser melhor ficar no Brasil mesmo com tributação de fortunas.

Pelo menos se for investir no setor produtivo tem um BNDES financiando e um mercado consumidor razoável.

Se decidir ser parasitário, será taxado, mas está em um país onde as taxas de juros costumam ser altas e lucrativas, ainda com tributação sendo vantajoso ser rentista.

Gustavo Nascimento Landim

Fonte: O Correio da Elite

Email this to someone

Tags:, ,