02/01/18 Política

Pedro Fernandes não deverá mais assumir o ministério do Trabalho

O deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) não deverá mais assumir o ministério do Trabalho. Ele substituiria outro deputado, Ronaldo Nogueira (RS), que pediu demissão na semana passada, alegando que tentará a reeleição no ano que vem.

A indicação de Fernandes havia sido feita pelo PTB. O deputado afirma que sua nomeação teria sofrido 1 “embaraço” do ex-presidente José Sarney (MDB).

Ao Poder360, o líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO) disse que não há definição sobre quem será o novo nome indicado. A não indicação de Fernandes desagradou o congressista. Há algum tempo o deputado tem uma relação desgastada com o governo de Michel Temer.

“Isso vai dar muita discussão. A indicação foi da bancada. Se isso [de Sarney vetar] de fato aconteceu, é desagradável. O PMDB já indicou nomes [em outras ocasiões] que nós aprovamos”, disse Jovair ao Drive. Sobre as especulações de que o novo indicado para o ministério seria Sérgio Moraes (RS), Jovair disse ser 1 “ótimo nome”.

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, disse ao Poder360 que recebeu a informação de que Sarney havia contestado a indicação e que, por rivalidade regional, Fernandes resolveu não negociar para assumir a pasta.

Jefferson declarou que o veto à indicação não causa 1 desconforto ao PTB. “É hora de juntar os cacos. Vamos aguardar, deixar o secretário-executivo [Helton Yomura, também indicação do PTB] fazer o trabalho ao menos até fevereiro e depois discutiremos com a bancada. Quem sabe até o próprio secretário possa ficar no cargo até o fim do ano”, afirmou.

SARNEY DIZ QUE NÃO FOI CONSULTADO

A assessoria do ex-presidente disse que Sarney não vetou a indicação de Fernandes e sequer foi consultado sobre a nomeação. “Não é do estilo [de José Sarney] vetar nomes, sobretudo o nome de maranhenses. Ele não foi consultado também sobre isso e nem teria por que ser”, afirmou.

Em 1 almoço na última 6ª feira (29.dez) com o ex-senador Remi Ribeiro (MDB-MA), Sarney teria falado a seus aliados que não discordava da indicação Pedro Fernandes.

Fonte: Poder 360

Email this to someone

Tags:, ,