07/06/18 Corrupção

Lava Jato de Moro atira em Lula e acerta FHC.

Por Carlos Henrique

Ironia? Não, realidade concreta.

Um laudo da Polícia Federal (PF), feito de um disco rígido de Marcelo Odebrecht, anexado a um dos processos em que o ex-presidente Lula é réu na Operação Lava Jato, mostra uma troca de e-mails, de Lula? Não, de FHC

Fernando Henrique Cardoso (PSDB) aparece, de forma límpida e cristalina, pedindo uma bondade tipo a de seu afilhado político Aécio pedindo propina para Joesley .

Nesse caso de FHC, o corruptor da ajuda era Marcelo Odebrecht, num papo que já tinha sido adiantado pelos dois em outros contatos, como revela a troca de e-mails.

Na ação, Lula é acusado de receber propina da Odebrecht por meio da compra de um apartamento vizinho ao dele e de um terreno que abrigaria a sede do Instituto Lula.

E o que foi encontrado contra Lula? Nada, rigorosamente nada!

Já contra FHC, que jamais foi investigado pelos meninos de Moro… A coisa pegou.

Como FHC caiu na rede?

A inclusão das mensagens no processo foi um pedido da defesa do próprio Lula, que queria ter acesso ao conteúdo, quando encontraram esse papo animado entre FHC e Marcelo Odebrecht: “Recordando nossa conversa no jantar de outro dia, envio-lhe um SOS …. Envio abaixo os dados (sic) bancários (…)”, escreveu FHC.

No final do texto, o ex-presidente informou dados de uma conta bancária.

Marcelo Odebrecht respondeu cerca de 2 horas depois: “Presidente, estou fora até amanhã, mas até 4ª dou uma olhada e retorno. Fique tranquilo (no que depender de nós). Depois aproveito, e lhe dou o feedback dos demais apoios e reforços que fizemos na linha do que conversamos. Forte abraço”

No dia 21 de setembro, Fernando Henrique volta à carga em outro e-mail pedindo mais um trocado e foi atendido por Marcelo Odebrecht.

Fernando Henrique Cardoso disse que pode ter feito os pedidos para Marcelo Odebrecht, mas reforçou que eram legais.

Claro, FHC é um santo homem.

Para a Lava Jato, que diz que a Odebrecht não fazia nada na vida que não fosse comprar políticos do Brasil e do exterior, certamente só para FHC, tudo foi feito ali, no riscado da lei.

A piada pronta é que FHC disse que, se isso ocorreu, o que não se lembra, não foi corrupção porque quando pediu a propina, não estava no governo.

A direção do PSDB Nacional diz que desconhece os supostos pedidos. Imagina!

Moral da história.

Lula, contra quem, em quatro anos, não acharam nenhuma prova contra, estava sendo investigado mais uma vez e, quem cai na rede é o maior peixe da direita brasileira, FHC.

Mas Lula segue preso, sem provas. Já FHC, claro, ficará livre, mostrando como a Lava Jato de Moro é a coisa mais imoral desse país.

Fonte: A Postagem

Email this to someone

Tags:, ,