04/11/20 Lucro acima de todos

Itaú demite com lucro que ultrapassa R$ 13 bilhões

Com lucro surpreendente de R$ 13,1 bilhões no acumulado do ano, o Itaú demitiu mais de 600 funcionários por todo país. Foram 150 desligados só na área de veículos. No terceiro trimestre de 2020, o lucro recorrente foi R$ 5,030 bilhões. Um avanço de 19,6% na comparação trimestral.

Mesmo com uma das maiores lucratividades do setor na pandemia, segue desamparando famílias e contribuindo para a crise econômica. O crescimento da carteira de crédito total do Itaú no acumulado de nove meses, em comparação anual, foi de 20,4%. No mesmo período, apresentou alta de 34,4% na carteira de veículos e de 14,3% no crédito imobiliário para pessoas físicas.

Obteve alta de 12% nas receitas de serviços no terceiro trimestre em relação ao segundo trimestre, somando R$ 11,094 bilhões. As despesas não decorrentes de juros resultaram em R$ 12,678 bilhões. Aumento de 4,7% em três meses. Prova que não têm motivos para demitir os responsáveis pelo lucro bilionário.

Em uma demonstração da falta de compromisso com os empregados, o Itaú tem demitido bancários por telefone e alguns até mesmo doentes. Como se não bastasse, a direção do banco tentou enfraquecer a campanha dos sindicatos contra as demissões, se referindo à atuação pessoal dos funcionários nas redes sociais para não afetar a imagem da empresa.

Fonte: Movimento Sindical

Email this to someone

Tags:, , ,