06/06/18 Reformas

Governo Temer vaiado ao defender a Reforma Trabalhista na OIT

Michel Temer é vaiado no Brasil e no mundo. Nesta terça (5), por exemplo, em Genebra (Suíça), o Tinhoso recebeu “apupos” durante debate sobre a reforma trabalhista na Organização Internacional do Trabalho (OIT).

O caso que trouxe de volta o Brasil à semiescravidão com o fim de direitos trabalhistas, que eram consagrados na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), foi analisado no Comitê de Normas da OIT por sindicalistas e governos de outras partes do planeta.

O ministro do Trabalho, Helton Yomura, atacou a OIT (defendendo reformas no órgão) e afirmou que os reais motivos dos ataques à reforma trabalhista são de ordem monetária, isto é, sindicatos teriam perdido a boquinha na gestão Temer com o fim do imposto sindical.

Na semana passada, a OIT incluiu o Brasil na lista suja dos 24 casos considerados como mais graves de suspeitas de violações de direitos trabalhistas pela Comissão de Normas.

Representações do mundo inteiro criticaram a posição do governo do Brasil acerca dos ataques às entidades sindicais, legítimas representantes dos trabalhadores, e a retirada de direitos fundamentais previstos na Constituição Federal.

Fonte: Blog do Esmael

Email this to someone

Tags:, ,