18/10/18 Posto Ipiranga

Fundo ligado a Paulo Guedes lucrou R$ 590 mil com informação privilegiada

Um fundo de investimentos ligado a Paulo Guedes, guru econômico do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), lucrou R$ 592 mil em transações na Bolsa de Valores com o uso de informação privilegiada. Corrigido pela inflação, este valor seria o equivalente a R$ 1,9 milhão.

Em 2007, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) condenou o fundo, o irmão de Paulo Guedes, Gustavo Henrique Nunes Guedes, e outras duas pessoas pela prática conhecida como “insider trading”. Paulo Guedes foi absolvido, mesmo tendo sido apontado pelo  irmão como um dos gestores do fundo. Ao justificar a decisão, a CVM alegou que o economista não teve participação direta na operação investigada.

Por meio de seus advogados, Paulo Guedes negou ter participado da gestão do fundo condenado pela CVM, mas, de acordo com reportagem do site Uol, a alegação contrasta com o que dizem os autos do processo julgado pela comissão (confira o documento).

Fonte: Brasil 247

Email this to someone

Tags:, , , ,