Empregado teve perda de salário com reforma trabalhista, garante entidade - Sindicato dos Bancários de Ponte Nova

11/07/18 Diap

Empregado teve perda de salário com reforma trabalhista, garante entidade

O jornal Valor Econômico trouxe hoje reportagem com informações do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) que aponta para grandes prejuízos aos trabalhadores. Segundo matéria, a partir da reforma trabalhista, cada trabalhador teve perda média de R$ 14 em seu salário mensal. Os dados fazem parte de uma apresentação da entidade na Câmara dos Deputados, com o tema “Impactos da Aplicação da Nova Legislação Trabalhista no Brasil”.

Segundo a publicação, o Diap é categórico em afirmar que tanto o poder Executivo quanto o Legislativo “têm culpa no cartório” ao, respectivamente, propor e aprovar uma reforma trabalhista que surtiu efeito “inverso” ao prometido. O levantamento aponta que não houve crescimento de emprego no período de janeiro a março deste ano, quando a nova lei já estava em vigor. Para a entidade, se o objetivo era dinamizar a economia e modernizar as relações de trabalho para se encarar novos desafios, o efeito ainda não foi sentido pela população.

Na avaliação do Diap, a reforma trabalhista resultou na precarização das relações de trabalho. Para o Valor Econômicos, analistas da entidade afirmaram que os contratos intermitentes conforme prevê na reforma é um grande erro. Para eles, esse tipo de contratação, por exemplo, devem ocorrer apenas para áreas em que é realmente necessário, mas, da forma como está posto na lei, é muito abrangente e vale para todos – a ponto de os empregadores, de forma irracional, quererem demitir trabalhadores fixos e contratá-los como temporários.

Fonte: Contec

Email this to someone

Tags:, , ,