22/02/21 Bancos

Crédito consignado bate recorde de reclamações

As reclamações contra bancos relacionadas ao crédito consignado bateram recorde no quarto trimestre de 2020. De acordo com o Banco Central, 10,5 mil queixas foram registradas nos últimos três meses do ano passado.

Em resposta ao aumento dos casos, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) anunciou que proibiu nove correspondentes bancários de atuarem na oferta do consignado. 

Os correspondentes são empresas contratadas por instituições financeiras que atuam como intermediários para a prestação de serviços de atendimento aos clientes, e têm o crédito consignado como um dos principais produtos, especialmente para aposentados e pensionistas.

Os clientes devem estar atentos a lista de banidos pela Febraban para evitar possíveis complicações. São as empresas Credmais, Provisão Vendas, F Sunglass, M Lessa Serviços, Agrice Rodrigues de Araújo , Atitude MG, WG Serviços Cadastrais – São Paulo, MJ Serviços Cadastrais São Paulo LTDA EPP e Otimize. Além disso, 134 correspondentes foram advertidos e 104 tiveram as atividades suspensas temporariamente.

É importante salientar que o assédio comercial para oferta de crédito consignado é uma prática inadmissível. Aposentados e pensionistas, que costumam ser mais vulneráveis na hora da propaganda e facilidade para obter empréstimos, merecem ser respeitados, com transparência e clareza na hora de fechar um empréstimo. 

Fonte: Movimento Sindical

Email this to someone

Tags:, ,